PROGRAMA “FALA CURITIBA” CHEGA À REGIÃO LESTE

A iniciativa busca a priorização de ações necessárias nos bairros

           
09 de Junho de 2017 às 10:18

Nesta primeira semana de Junho, a Prefeitura de Curitiba realizou na região leste o “Fala Curitiba”, uma série de consultas públicas entre os bairros Uberaba, Jardim das Américas, Guabirotuba e Cajuru, para que a população possa expor as principais demandas do bairro. O evento foi dividido em três noites, em que os moradores puderam encaminhar melhorias em todos os setores da cidade. A iniciativa busca a priorização de ações necessárias nos bairros e que serão indicadas para a Lei Orçamentária Anual (LOA).

O vereador Helio, que participou do programa, fala da importância de ações como esta, realizada pela Prefeitura. “A participação da Prefeitura, com as Regionais e a população é o caminho para grandes conquistas. Dessa maneira, junto da comunidade, faremos de Curitiba uma cidade melhor para todos”.

O Fala Curitiba é composto por quatro fases, onde se busca a priorização de ações necessárias nos bairros e que serão indicadas para a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Na primeira fase, acontecem reuniões nas regionais – algumas optaram por fazer uma por bairro; outras, reuniram vários bairros em uma única reunião. Os moradores integram um grupo de discussão por tema (Saúde, Educação, Meio Ambiente), dependendo das obras que apontam ser necessárias no bairro. Depois de alguns minutos de discussão, intermediada por um técnico da área, pretende-se chegar a um número máximo de três prioridades por tema.

Na segunda fase do Fala Curitiba reúnem-se as prioridades de cada área e, dentro da Administração Municipal, existirá uma validação por critérios técnicos, orçamentários e jurídicos. Pretende-se chegar a um número máximo de 20 ações priorizadas por regional.

Na terceira fase acontecerá uma grande reunião por regional – uma prévia da consulta oficial. As 20 ações priorizadas serão apresentadas detalhadamente (com orçamento aproximado, número de beneficiários e tempo de execução) e colocadas em votação para que se chegue a dez ações priorizadas.

Na quarta fase acontecerá a Consulta Pública Oficial para a LOA, onde as dez ações resultantes serão novamente apresentadas e colocadas em votação para que se chegue a cinco ações por regional.

FACEBOOK

CURTA E ACOMPANHE

CADASTRE-SE E RECEBA INFORMAÇÕES

NOME  
E-MAIL  
Por favor, aguarde...